quarta-feira, 8 de maio de 2013

Mãos secas e rachadas: dicas para prevenção e tratamento




“Minhas mãos estão muito secas e rachadas, e isso me incomoda muito”. Quantas vezes ouvimos esta queixa no dia a dia do consultório? Ela é muito frequente, e realmente causa grande desconforto, além de constrangimento social, diz Hugo Weiss.

Na avaliação desse problema que tanto incomoda, temos que ter em mente que algumas doenças podem conferir às mãos um aspecto e toque desagradáveis. Mas na grande maioria dos casos o que ocorre é um extremo ressecamento da pele.

Este aspecto piora bastante nos meses de frio, quando o uso de água quente torna-se mais frequente. Além disso, junto com a queda de temperatura ocorre uma redução da umidade do ar, seja pela própria estação, seja pelo uso de aquecedores ou ar condicionado.  
Em alguns casos, além do ressecamento, vermelhidão e descamação, podem ocorrer rachaduras nas mãos, o que dificulta as menores tarefas diárias.

Dicas para prevenir  o ressecamento das mãos:


Vamos ver como deixar suas mãos mais hidratadas e saudáveis:

  • Como a água muito quente é um dos principais fatores no ressecamento das mãos, evite-a. Procure usar no máximo água morna.
  • Aplique hidratante todas as vezes após lavar as mãos. Pode parecer trabalhoso, mas o resultado valerá a pena!
  • Use luvas de borracha para todas as tarefas domésticas. Os detergentes têm grande poder de remoção da gordura, não é? Pois removem com a mesma eficácia a hidratação natural da sua pele!
  • Escolha cuidadosamente o sabonete que vai utilizar na higiene das mãos. Dê preferência para aqueles com hidratantes ou a base de glicerina, com fórmulas muito suaves.


Mas se as suas mãos já estão ressecadas...

Dicas para tratar o ressecamento das mãos:


  • À noite a sua pele vai mostrar toda a agressão sofrida durante o dia. E todos nós precisamos de algumas horas de sono... Porque não aproveitar este período para tentar recuperar a pele das mãos das agressões do dia?
  • Use hidratantes profundos, que contenham em sua fórmula substâncias que formam uma “barreira” contra a perda da umidade, como a  dimeticona ou a glicerina. Cremes são mais espessos que loções, e devem ter a preferência  para uso noturno. Lembre-se de massagear bem as mãos, não esquecendo das pontas dos dedos e cutículas.
  • Vaselina e azeite de oliva também podem ser auxiliares preciosos, puros ou como parte dos cremes utilizados.
  • Se as mãos apresentam rachaduras, ou se a descamação for muito intensa, após a aplicação do creme indicado, coloque luvas de algodão. Pode parecer desconfortável no início, mas após cerca de dez dias você já poderá dispensá-las.
  • Suas mãos protegidas tornam-se menos suscetíveis aos agentes externos como o frio e ar seco. Use luvas, para praticar exercícios como corrida ou caminhada, para dirigir, para as tarefas domésticas ou qualquer outra situação que possa agredir a pele das mãos.
  • Não esqueça da aplicação de hidratantes ao longo do dia, após lavar as mãos


Porém, se com todos esses cuidados as suas mãos apresentam descamação, vermelhidão ou rachaduras, com ou sem sangramento, procure o seu dermatologista. Ele prescreverá o tratamento mais adequado para você e, se necessário, investigará possíveis causas relacionadas ao seu problema, recomenda Hugo Weiss.


Clínica Weiss, centro de treinamento e referência em Dermatologia e Laser.

Clínica Weiss | Hugo Weiss Dermatologista



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário